Como aproveitar as liquidações de um jeito inteligente (e sem remorso!)

Liquidação pode ser muito boa se a gente souber aproveitá-la com consciência

Passadas as festas de final de ano, muitas lojas começam suas liquidações, que podem chegar a até 80% de desconto! Daí que a gente automaticamente pensa em mais compras (além das que já foram feitas pro Natal). As liquidas podem ser mesmo grandes oportunidades, mas se a gente usá-las de um jeito esperto. Listei o que acho bacana e o que não acho tão bacana a seguir. E você pode contribuir também com essa listinha. Vamos sair do modo automático desse consumo desenfreado? Bora lá?

Acho bacana:

  • Aguardar as liquidações para fazer compras espertas (já deixei de comprar e esperei até a liquidação para levar um colete com 50% de desconto. Me achei muito esperta!).
  • Pensar em pelo menos 3 outras peças que você já tenha no guarda-roupas que combinarão com o que você está levando (não adianta comprar porque está mais barato e deixar mofando no armário. Pensa em como você rala para conquistar seu dinheiro, faça valer!).
  • Avaliar caimento, qualidade do tecido e acabamentos (esperto é levar uma peça impecável em liquidação. O caimento você tem que vestir para checar, obrigatório! O tecido você pode dar uma olhada na etiqueta, lembrando que os naturais são mais elegantes e deixam a pele respirar: algodão, o linho, a lã e a seda. E o acabamento você pode checar as costuras internas e externas, aplicação dos botões, situação do forro, etc).
  • Preferir peças atemporais (cool mesmo é misturar aquela blusinha da coleção 2013 que você já tem com a nova saia que comprar agora, isso porque mais do que pensar no que é moda agora, pense no que é importante pra você. Não pense no “tem que ter” que as revistas te falam, pense em você. Pense em peças que você usará durante bastante tempo porque são perfeitas para você, e só pra você).

Não acho tão bacana

  • Comprar só porque está “baratinho” (lendo um texto do blog das meninas da Oficina de Estilo, li uma frase que achei perfeita: “Quem se conhece não compra por estímulo externo ou por influência vazia, mas sim por vontade autêntica e consciente, por necessidade, pra si mesma (e não pros outros!).” É isso!).
  • Levar várias peças iguais (gente, vamos exercitar a criatividade. Lembre-se que a gente transmite para o mundo alguma imagem de acordo com o jeito que a gente se apresenta. E a gente não quer ficar parecendo os personagens da Turma da Mônica, que estão vestindo a mesma roupa há 50 anos).
  • Seguir tendências/modismos (na mesma proporção que as peças atemporais rendem muito mais no seu guarda-roupas, as peças que estão “na moda” não rendem na próxima estação, pois a indústria da moda é assim mesmo, mudar sempre é o que faz a máquina girar e você entrar nessa insanidade de comprar, comprar, comprar. Claro que se você se identifica muito com algo que está na moda agora e sabe que pra você ela faz muito sentido, se joga, mas se não, poupe seu money!).

Compartilha aqui também o que você acha que são oportunidades ou “armadilhas” das liquidações!

 

  • Share on Tumblr

2 thoughts on “Como aproveitar as liquidações de um jeito inteligente (e sem remorso!)

  1. Ka, que bom te ver por aqui! Eu também estou de olhos nas “liquidas” e já percebi que algumas valem muito e outras não são tão vantajosas. Estamos de olho 🙂

Deixe uma resposta