O ciclo de vida das roupas. Como se reproduzem?

Ainda sobre o ciclo de vida das roupas…

Já falamos sobre como as roupas nascem e como elas crescem. Agora, chegou a hora de pensar sobre como elas se reproduzem.

A reprodução não acontece sozinha, certo?

Com exceção de algumas espécies de plantas e animais que se auto reproduzem, todos somos frutos de uma união, de uma junção. No caso das roupas é a mesma coisa, uma peça por si só, muitas vezes, não se reproduz, não rende sabe? Para solucionar essa questão, além da fórmula 3×1 para um guarda-roupas mais versátil (que ando falando muito), andei pensando em algumas outras soluções.

Reprodução da inteligência

  • Reformar e consertar roupas e acessórios

Pode não parecer grande coisa, mas durante a etapa de revitalização do guarda-roupas na consultoria de estilo, eu tenho percebido que muitas clientes não usam algumas peças porquê elas precisam de ajustes: barras das calças e blusas, botões e acabamentos descosturados, pequenas manchas, tamanhos maiores ou menores do que o ideal. Ou ainda sapatos que perderam o saltinho ou precisam ser engraxados. Acessórios como brincos e colares que se desfizeram, alças de bolsas quebradas, etc. Eu te desafio a fazer este exercício no seu armário, separe todas as peças que precisam de reforma e você, provavelmente, se surpreenderá. Pra quem é de São Paulo, indico o trabalho da oficina de costura Juta e Malva da Liviah.

reforma de roupas

Reprodução da criatividade

  • Usar as peças em ocasiões diferentes

Outra coisa que noto com frequência é o guarda-roupas dividido em sessões da vida: trabalho, final de semana, festa, verão, inverno… Mas, eu tenho proposto uma opção mais versátil. Com exceção das roupas de ginástica e trajes de banho, o restante a gente pode usar para todas as ocasiões. Mais inteligente do que ter looks para cada ocasião, é ter um guarda-roupas coerente a ponto de tudo combinar com tudo e, mudando uma coisa aqui e outra ali, você vai do trabalho ao happy hour, ao cinema, a festa, etc. As vezes só mudando o sapato, a bolsa e reforçando a maquiagem. Esse é um dos princípios da consultoria de estilo: criar um guarda-roupas coeso, consistente and versátil.

calça varias ocasiõesAquela calça “esperta” que vai pro trabalho, pro final de semana, pro inverno, pro verão

Reprodução da energia

  • Vendê-las em brechós ou sites especializados

Às vezes não chega aquele momento em que a peça está ótima, não tem nada de errado com ela, apenas ela não cabe mais na sua vida? Por circunstâncias das mais diversas: porquê você mudou de trabalho, porquê você virou mãe, porquê você nem sabe a razão pela qual comprou a roupa. Estilo não é estático, ele muda ao longo do tempo e de acordo com acontecimentos da vida. Por isso, é natural que isso aconteça. É nessa hora que a gente pode ser muito sagaz e vender as peças em brechós da sua cidade ou através de sites especializados, como o Enjoei, por exemplo. Além de tirar essa energia parada do armário, ainda pode te rendar uns bons trocados.

BrechoBrechó B. Luxo Vintage – Rua Augusta, 2393 – São Paulo/SP

Reprodução do amor

  • Doá-las para pessoas próximas ou instituições de caridade

Se você acha que a peça está em bom estado de uso, no entanto não vale o esforço para tentar vendê-la, ou se você simplesmente não quer fazer isso, você pode doá-las para pessoas próximas que precisam ou ainda para ong’s e igrejas da sua cidade. A Campanha do Agasalho é um bom exemplo, mas, existem muitos outros. Gente, roupa parada há mais de 2 anos não tem sentido estar no guarda-roupas: esta desculpa de “vou usá-la na próxima estação” sendo que já se passaram dois verões ou dois invernos não cola. Energia e água paradas nunca trazem bons resultados, só acumula “sujeiras”. Mas, lembre-se, roupas em bom estado, por favor hein?!

doação

Alguma outra dica de como ajudar na reprodução das roupas e acessórios? Compartilha aqui.

Semana que vem, como as roupas “morrem”. Mega importante esse papo sobre o descarte das peças viu gente, perde não!

Gostou? Então, compartilha…

 

 

 

 

  • Share on Tumblr

Deixe uma resposta