Como criar ilusão de ótica e parecer mais magra?

Eu diria que nove em cada 10 mulheres gostariam de perder uns quilinhos. É ou não é?

Caso você faça parte desse grupo (como eu!), o mais importante é entender o que você pode fazer por si mesma: cuidar-se mais pensando na saúde e, por consequência, perder esses quilinhos indesejados. Porque né, mais importante do que o peso é a saúde.

Outra coisa importante pra se levar em consideração é que a gente só vive essa vida uma vez (pelo menos que a gente se lembre né?).  Então, nada de ficar pensando: “ah, quando eu tinha 15 anos eu podia usar isto” (passado) ou “ah, quando eu perder esses cinco quilinhos eu vou ser feliz” (futuro). Gente, vem cá. A vida não é um rascunho não, ou seja, não tem volta!

Então, bora ser feliz agora? Vamos fazer o melhor que podemos usando os recursos que temos, como diriam minhas mestres Cris e Fê da Oficina de Estilo.

Dito isso, vamos ao que interessa. Existem formas de criar certa ilusão de ótica para que os olhos dos outros vejam “apenas” aquilo que a gente quer.

Pra quem deseja parecer mais magra, o ideal é usar tecidos planos e não malhas. Explico: malhas são aqueles tecidos mais soltinhos, que acompanham a forma do corpo (que, nesse caso, não queremos salientar). Já os tecidos planos são mais estruturados, ou seja, têm forma mais reta e durinha. Então quem olha vê a forma da roupa e não a forma do corpo, entende? A ideia é “desaredondar” tanto quanto possível.

E isso vale para a escolha de:

  • calças (com barras bem compridas, pode ser daquelas que não mostram a perna e às vezes até escondem os sapatos, pois alongam o visual. Prefira calças sem lavagens e estampas, de preferência, que formem desenhos verticais;
  • saias (com comprimento da barra logo acima ou logo abaixo do joelho);
  • blusas (mais estruturadas e sem estampas ou cores muito coloridas que dão sensação de que “aumentam” a silhueta). Prefira decotes em V, que mostram o colo e também te alongam aos olhos de quem vê;
  • terceiras peças como jaquetas, terninhos, trench coat devem ser usados abertos para criar uma linha vertical no visual.

Dê preferência a tons neutros como cinza, creme, marrom, petróleo, azul, preto, mostarda e mais fechados se for optar por cores mais “coloridas” como vermelho, verde, roxo, laranja. Tons mais alegres e vivos tendem a aumentar o peso visual da área que ocupa.

Looks monocromáticos ou tom sobre tom, além de elegantes, também são “alongadores”, pois não criam uma “quebra” aos olhos de quem vê. O que não significa que você tenha que se vestir assim todos os dias, mas tente, no máximo, três cores num mesmo look e, de preferência, sem muito contraste entre as peças (nada que “corte” o olhar em várias partes, capiche?!)

Vale se atentar também ao caimento, que não deve ser nem muito largo, nem muito apertado. Por mais que você esteja com uns quilinhos a mais, a roupa tem que vestir bem. Por isso, é sempre bom sobrar um pouquinho de tecido para te dar liberdade de movimentos, tanto na parte de cima como de baixo do look. Assim, você fica confortável em todas as ocasiões. Roupa apertada só salienta o que queremos, eventualmente, disfarçar.

Dá uma olhadinha nos exemplos que selecionei a seguir e me diga o que você acha…

como parecer mais magra

como parecer mais magra como parecer mais magra

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

como parecer mais magra

como parecer mais magra

como parecer mais magra

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

como parecer mais magra

como parecer mais magra

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

  • Share on Tumblr

Deixe uma resposta